top of page

O que é polissonografia?

Atualizado: 28 de fev. de 2023




A polissonografia é um estudo do sono de noite inteira realizado em laboratório que analisa a qualidade do sono e ajuda a diagnosticar as doenças relacionadas, podendo ser indicado para pessoas de qualquer idade.


Para que serve a polissonografia?


A função da polissonografia é investigar possíveis distúrbios do sono.


Esse exame é solicitado quando existem sintomas, como sonolência diurna excessiva, dificuldades respiratórias durante o sono, presença de roncos e apneia ou outras alterações no período em que a pessoa deveria ter um sono tranquilo.


Com a polissonografia, é possível ter mais clareza no diagnóstico de doenças, como insônia, apneia do sono, bruxismo, narcolepsia e pode ser útil para ver como outras doenças também podem afetar a qualidade do seu sono.


Como é feita a polissonografia?


Ao contrário do que muitos pensam, é bem simples de ser feita.


Durante as 24h anteriores ao exame, a pessoa deve evitar o consumo de alimentos e bebidas que contenham cafeína ou álcool.


Ao se dirigir a clínica, deve levar seus objetos pessoais, tais como escova de dentes, pijamas e medicação, caso tome alguma, pois o paciente irá dormir em uma sala monitorada e confortável.


Durante a polissonografia, o paciente dorme com eletrodos fixados ao couro cabeludo e no corpo, além de um sensor no dedo, que permitem que sejam registrados simultaneamente vários parâmetros que ajudam coletar as informações para um diagnóstico mais correto.


Assim, a polissonografia inclui:


  • Eletroencefalograma: que registra a atividade cerebral durante o sono;

  • Eletro-oculograma: que mede o movimento dos olhos e permite identificar quais as fases de sono e quando começam;

  • Eletromiograma: que faz o registro do tônus muscular;

  • Eletrocardiograma: um registro dos batimentos cardíacos que verifica o ritmo de funcionamento do coração;

  • Fluxo aéreo da boca e nariz: analisa a respiração;

  • Esforço respiratório: analisa os movimentos do tórax e abdômen;

  • Sensor de ronco: registra a presença e intensidade do ronco.

  • Oximetria: analisa a taxa de oxigênio no sangue;

  • Sensor de movimento dos membros inferiores, quando necessário.


É importante que o exame não seja realizado quando o paciente apresenta gripe, tosse, resfriado, febre, ou outros problemas temporários que possam interferir no sono e no resultado do exame.


Devo fazer um polissonografia?


A polissonografia é indicada para pessoas de todas as idades.


Mas, por não fazer parte do checkup de rotina comum, ela só costuma ser indicada quando há suspeita de algum distúrbio.


Se sente que seu sono está desregulado ou está com dificuldades, eu criei um e-book chamado "Manual do Sono" para te ajudar a poder identificar o distúrbio do seu sono e qual o tratamento ideal SEM MEDICAMENTOS.



CLIQUE AQUI para agendar seu PRIMEIRO ATENDIMENTO GRÁTIS pelo WhatsApp, nos conhecermos e conseguirmos juntos melhorar sua qualidade de vida.



Fonte:

17.102 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo

3 comentarios


Diornelice Ribeiro
Diornelice Ribeiro
17 sept 2022

Ronco muito a noite

Me gusta
Contestando a

👏

Me gusta
bottom of page